quarta-feira, 18 de maio de 2011

O que é o “Compromisso” ou “Côrte”?

É uma aliança de oração entre um homem e uma mulher adultos (a partir dos 18 anos) que visa a confirmação de Deus sobre o futuro daquele relacionamento, se é para separar e ficar só na amizade, ou se é para casar e ficarem juntos para o resto da vida.
O “Compromisso” é um período mínimo de 3 meses, onde o casal não se toca, não tem contato físico nenhum, onde ambos estarão se conhecendo, conversando muito, e principalmente orando para que Deus fale aos corações deles (e de seus líderes) se aquele relacionamento tem futuro, se é da vontade de Deus. 
O compromisso não deixa “marcas” ou feridas nas pessoas, nem se terminar, nem se casar.
O “namoro” é o contrário do “Compromisso”, e ele sempre deixa “marcas” e feridas.
Não há namoro na Bíblia, esse é um costume mundano, e não de Deus.
A palavra “namoro”, do Latin “farelamore”, significa “fazer amor”, o que já diz tudo o que acontece quando as pessoas decidem “namorar”.
 
As pessoas precisam se conhecer antes de se envolver, e precisam aceitar o outro como ele(a) é, porque  se não, um começa a tentar modificar o jeito do outro.
É preciso haver a consciência de que não existem pessoas sem defeitos.
Ninguém é obrigado a casar, por isso o período do “Compromisso” é a sua oportunidade de descobrir com quem você vai passar o resto da sua vida.

 Eu indico os livros: “Compromisso, O Jeito Bíblico de Amar” da Bispa Raquel Castro e O Livro “Defraudação Emocional”  de Sarah Sheeva

Texto tirado do Blog http://sarahsheeva.wordpress.com/ 

terça-feira, 17 de maio de 2011

Carta para mim mesmo!

Existem ocasiões em que queremos mudar algo em nossas vidas, e nisso resolvi mudar e, em uma ministração "O Presbitero Rafael Lemos" me levou a fazer algo...a escrever uma carta sobre mim msm, botar tuda as minha fraqueza, objetivo e sonhos. E nisso ver o que relamente vai acontecer daqui um tempo!Mas se não fazemos isso a vida vai e mudamos muito, acontece coisas, mas depois de passado um tempo não conseguimos perceber essas mudanças e pensamos que todo o esforço foi em vão. Talvez pelo cansaço físico, mental e espiritual que ocorre dependendo do que se quer mudar não conseguimos analisar de forma objetiva o que foi alcançado. Então depois de uma MINISTRAÇÃO no curso de Liderança, vi uma boa maneira de enxergar os resultados é escrevendo uma carta endereçada para a mim mesmo...
Vou fazer isso e depois de um tempo vou abri-lá, espero que vc tb faça:
Escreva uma carta relatando minha situação atual.
Escreva o que eu quero mudar e em quanto tempo quer mudar.
Colocar na carta três características positivas minhas que devem ser mantidas.
Colocar também três características negativas que devem ser corrigidas.
Escrever um planejamento do que eu vou fazer para atingir as mudanças propostas.
E colocar a data que abrir e que foi escrita.

Coloque sua carta em um envelope e guardada em um lugar que só você tenha acesso e depois do prazo proposto para a realização das mudanças abra a carta e leia para analisar o que realmente você conseguiu mudar. Desta forma você poderá perceber mais facilmente se seus fraquezas,objetivos e sonhos foram realmente atingidos ou se em algum lugar no meio do caminho você "desanimou" sem se dar conta.
Além disso, é uma prática que serve para conhecer melhor a si mesmo.

domingo, 15 de maio de 2011

É certo ter contato antes do casamento?

O SEXO ANTES DO CASAMENTO‏
            A Bíblia declara: “Se não podem conter-se que se casem. Porque é melhor casar do que abrasar-se”. (I Coríntios 7: 9). Está claro que abrasar é não conseguir refrear seus impulsos. Nesse caso, é melhor que a pessoa se case para não praticar o sexo fora do casamento, que seria uma prostituição (sexo fora do casamento).  Prostituir significa desmoralizar-se, expor-se à venda, entregar-se à devassidão, degradar, desonrar (desvirginar, no caso da mulher). O Senhor disse: “O corpo não é para a prostituição”. (I Coríntios 6: 13). O nosso corpo é para o Senhor, para morada de Seu Espírito. (I Coríntios 6: 15, 18, 19). O que se prostitui,peca contra seu próprio corpo.
            O mundo pratica o beijo de língua. Esse beijo é altamente sexual. Provoca os desejos e leva a pessoa a sentir o prazer do sexo. Portanto, sua prática é também um ato de prostituição, pois conduz à lascívia (luxúria) que é completamente condenada na Palavra. (Colossenses 3: 5), Ezequiel 16: 15, II Coríntios 12: 21). A Palavra diz que devemos saber possuir nosso corpo (vaso) em santificação e honra diante de Deus (I Tessalonissenses 4: 4-7). Lascívia é igual a luxúria que é o mesmo que libido. Libido significa prazer sexual, ou “ato que o sugere”; é o que procura constantemente e sem pudor satisfações sexuais. O beijo com língua sugere o sexo e induz ao libido. Esse é o retrato do mundo atual. O mundo está abrasado em desejos sexuais e, por isso, os casamentos estão se desmoronando. O homem está sendo orientado a viver somente para o prazer. E isso está gerando conflitos e decepções entre os casais.
            Por outro lado, o Senhor dá uma dica muito valiosa em II Coríntios 11: 2. A mulher é um tipo da igreja e, como tal, deverá ser apresentada ao seu marido (Cristo) como uma virgem pura.
            Precisamos fazer nossa escolha diante dessas coisas. Ou vivemos conforme o mundo nos sugere e nos afastamos mais do Senhor ou abraçamos Sua Palavra de Vida e andemos como Ele andou (I João 2: 6).